robertocamarajr/ Março 24, 2019/ Blog, Notícias/ 0 comments

Frase de abertura

Oi,
Tudo certo?
Começo logo com o elefante branco na sala: perdoe-me pelo sumiço.
O motivo mais provável foi a frente fria que chegou a Salvador, que provocou uma mudança no tempo e teve como consequência uma linda garotinha de 2 anos um tanto gripada e 10 vezes mais dengosa que o normal. Como ela tem um pai babão que não aguenta ver sua pequena pedindo colo, já viu, não é?
Por isso, agradeço a paciência e os feedbacks que recebi durante a semana.

Ah! Aproveito para novamente pedir aquela força na divulgação do Podcastologia.
Basta copiar e colar o link bit.ly/CadastroPodcastologia (sim. deixei sem o link em si para ser mais fácil copiar) nas suas redes sociais e/ou, claro, divulgá-lo nos seus Podcasts.

Abração,

Roberto


Por aí
Spotify já é maior que a Apple em muitos paises
(E, pelo jeito isso, vai crescer ainda mais…)

O Spotify, em muitos países, agora é mais popular que a Apple como plataforma de podcasts, de acordo com novos dados da Voxnest. Em particular, o Spotify supera a Apple em quase toda a América Central e do Sul. Os dados de consumo de podcast são baseados nos downloads de podcasts de fevereiro, fornecidos pela Voxnest, incluindo várias plataformas de terceiros, e refletem o sucesso do Android em muitos desses mercados.

Mapa mostrando o número de ouvintes de Podcasts pela Apple ou Spotify ao redor do mundo

Além disso, Spotify foi lançado na Índia há muito pouco tempo. Pouco MESMO! No dia 26 de fevereiro. Por lá, o Android tem uma participação de mercado de 90% nesse país.
De qualquer forma, se focarmos somente nos Estados Unidos, mais da metade (53%) dos usuários mensais do Spotify com idades entre 12 e 24 anos relataram ser ouvintes mensais de podcasts, contra 32% no ano passado. Ao menos é o que diz uma nova pesquisa* publicada por lá.


Nova pesquisa nos Estados Unidos dá números surpreendentes sobre o hábito dos ouvintes por lá

Os novos dados da The Infinite Dial(*), pesquisa anual realizada pela agência Edison Research and Triton Digital, traz resultados mostram a força atual do Podcast nos Estados Unidos.

Por lá, 70% dos americanos com mais de 12 anos já estão familiarizados com a palavra “Podcasting”. No entanto, como bem é explicado pela própria Edison, conscientização não significa necessariamente compreensão; É perfeitamente possível que muitos desses americanos já tenham escutado o termos, mas ainda não saibam o que a palavra realmente significa;

Ainda assim, 51% dos americanos relataram ter ouvido um podcast pelo menos uma vez na vida. O que significa dizer que mais da metade dos americanos ja deram uma chance a essa “coisa” que tanto amamos.
Mas fica melhor…
32% dos americanos relatam ter ouvido um podcast no último mês. Ou seja: quase um terço dos americanos podem ser considerados ouvintes ativos;

O número médio de podcasts ouvidos, em média, em uma semana se manteve em sete, igual ao número registrado no ano passado. Vale a pena notar que o número permaneceu o mesmo, apesar do crescimento do número de podcasts; assim, se o número não caiu ou se diluiu sugere que mais pessoas estão ouvindo podcasts.

Por último, Podcasting cresceu ligeiramente como a “fonte de áudio usada com mais frequência no carro” – agora em 4%, acima dos 3% do ano passado. Em contraste, a rádio AM / FM está agora em 52%, abaixo dos 56% do ano passado.

Claro que estes números são do mercado americano e parecem distantes de nossa realidade. Assim como Blogs pareciam distante no início dos anos 2000, mas estouraram com tudo anos depois. Assim como ninguém poderia imaginar, que o YouTube seria o que é hoje ou que um serviço de entrega de DVDs se transformasse no que é a Netflix hoje?

Estamos no caminho certo para a difusão do Podcast no Brasil, e já podemos até começar a ver algumas gaivotas perto do navio,. Temos, porém, um longo caminho até o “terra a vista”.


Isso a Globo não mostra… mas deveria

Já faz um bom tempo que acredito que uma das formas de tornar o Podcast uma mídia melhor aceita no Brasil é levá-la ao grande público através das chamadas “mídias tradicionais”, ou seja: Já pensaram um núcleo de Podcasters dentro da Malhação? Mostrando os garot@s gravando um programa, explicando para os amigos como baixar um app para ouvi-lo… Poderiam ter a participação de outros Podcasters “reais” e assim mostrar que há outros programas de todos os tipos na Podosfera. Estariam criando assim uma nova geração de ouvintes e – quem sabe? – produtores de Podcasts?
Ainda assim, enquanto esta temporada não chega, não quer dizer que maior emissora de Tv do país está alheia a Podosfera. A Globo já tem 5 programas em seu catálogo, incluindo novela, Podcast do Zorra – que continua no ar mesmo quando o programa da Tv espera uma nova temporada – e até as entrevistas do falecido (???) Program do Bial. Isso sem contar com os programas Rádio Globo sobre esportes, cinema e até o The Voice Brasil (Apesar de está parado).
Apesar de muito pouco divulgados para a grande massa, mostra que o maior conglomerado de mídia do pais não está alheio ao que acontece no mundo e já começa a molhar a ponta do dedo na água. Ao meu ver, isso é uma ótima notícia para todos nós.


Pelo feed

O que pipocou no meu radar podosférico:

Share this Post

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>
*
*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.